quinta-feira, 12 de junho de 2008

DÁDIVAS


Duas belas espigas doiradas e pendentes

Dois lindos e faiscantes pássaros pousados em mim…

Um fruto fresco e sumarento que lhe dá cor, e me dessedenta,

Uma paisagem fascinante do meu perto-longe

Onde gosto de me perder, amando-a perdidamente…


As tranças da minha filha

Os olhos da minha filha

O sorriso da minha filha

A minha, minha, minha filha.


Aqui e agora em caseira e já dançarina recuperação.


Valeu tudo…Abbá, o do Raul e o meu, o silêncio de esperança do MA, o toque de mão da Carmo na mão da trancinhas, a energia positiva da Fátima André, o adivinhar do meu sentir no seu sentir do “tanto dela” da “Os Meus Rabiscos”, aquele abraço carinho da Mãe Nídia. Valeu tudo na minha tristeza de esperança, no meu olhá-la prostrada, como vale agora no seu rasgado e luminoso sorriso.

Não agradeço, porque dádivas… são dádivas e, se pouco vou querendo, alguma coisa devo ter para merecer estas blogosféricas dádivas.

Eu tenho uma caixinha de música dentro de mim…lá, só suaves e afagantes melodias. As vossas, guardadas nessa preciosa, terna e frágil caixinha… para sempre!


Da “Trancinhas” para todos, a sua ursa “Nici”, que a acompanhou para todo o lado e ao que parece também na operação, como prova o curativo traseiro!

11 comentários:

Maria do Carmo Cruz disse...

Finalmente, Existente Instante, finalmente! Graças a Deus. Agora meio empenada, chegava a vir aqui procurar, por ti e por ela, duas vezes por dia. O sorriso da Trancinhas é uma canção. As suas trancinhas, uma coroa da sua inocência. Não poderia começar melhor este meu dia. Chegou a hora da bonança. Para a Mãe da Trancinhas um abraço apertado, E outro para ti. Para a nossa Menina, mando uma oração. Avó Pirueta

Raul Martins disse...

Se estivesses aqui ao meu lado dava-te um grande abraço mas antes um grande "dó-ré-mí"... não sabes o que é? Não te digo.
Fico feliz por ti, pela tua esposa e pela "Trancinhas".
A "Nici" leva o meu beijinho para a "Tranci".
Carpe diem!

JMA disse...

Eu sabia que ia ficar feliz.

Paulo Lopes disse...

Tudo está bem quando acaba bem.

Abraço.

Teresa disse...

Gracas a Deus que a Trancinhas está bem.
Para ela mil beijinhos.

Anônimo disse...

Que cada hoje seja melhor do que o ontem, não desistindo de acreditar num amanhã superior porque, como diz, é merecedor.
O mesmo abraço
Nídia

Anabela Magalhães disse...

E faz-me o favor de não baixares os braços. E faz-me o favor de não desistir de nada. Muito menos da esperança.
Fica bem... tu e os teus.
Beijinhos

3za disse...

Ohhh... chego tão tarde... como se a aceleração me atrasasse no que verdadeiramente importa. Desculpa. Chego tarde mas felizmente assisto ao momento belo em que os finais contentes ganham às bruxas. Que a Princesa Trancinhas salte e pule muito... e esqueça... A esperança tem sabor de mel.

Fátima André disse...

Caro amigo,

Como fico feliz por saber que tudo correu pelo melhor e que o sorriso da "Trancinhas" voltou erradiando alegria, bem estar, harmonia felicidade...
Um grande abraço para si, mil beijokas e mil sorrisos para a Trancinhas.
:):):)

Anônimo disse...

gooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooossssssssssssssssssssssssssssssssssttttttttttttttttttttttttttttteeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii. muito muito muito adeus.

Anônimo disse...

Gostei muito e felicidades para a
Trancinhas.