sexta-feira, 25 de setembro de 2009

PRECE

(Foto da web)


Finalmente, finalmente, Meu Deus. Este amável e saboroso______________. Como percebo no Teu Filho essa necessidade de solidão e respiração do silêncio nos 40 dias de deserto, que nunca deserto foi pela meditação, o caminho a seguir, da “essencialidade” das coisas, dos seres.

Remoção da poeira dos dias que nos vai cegando, preparação para a pulsação ritmada deste ondular interno que nos faz velejar.

Se não Te importas, vou festejar com esse homem, teu fiel e musical servidor onde instilaste ferro em brasa a beleza do silêncio, que é a mais melodiosa das Tuas vozes : BWV 229 “Komm, Jesu Komm”.


Um comentário:

Cristina Bernardes disse...

A necessidade de estar só também é um direito, nem todos conseguem perceber isso. Para conseguir manter a cabeça bem assente, é preciso reflectir, meditar, pensar... esses momentos são essenciais para mim.

É sempre um prazer visitar este espaço!